Plantas que atraem abelhas jataí

Nesta postagem, vamos falar tudo sobre as plantas que atraem abelhas jataí.

As abelhas Jataí são uma espécie de abelha nativa da região Neotropical, incluindo América Central e do Sul.

Esses insetos de cores vivas são encontrados em uma variedade de habitats, desde florestas tropicais até pastagens secas.

Eles desempenham um papel importante na polinização e são conhecidos por sua coloração vibrante e longas línguas que lhes permitem se alimentar do néctar das flores no interior dos cachos de flores.

Como atrair essas abelhas

Uma forma de atrair as abelhas jataí é plantando certos tipos de flores que proporcionam condições ideais para nidificação e alimentação.

Plantas como petúnia, sálvia, girassol, zínia, lavanda, cosmos, verbena e margarida criam um ótimo ambiente para essas abelhas, pois fornecem muitas fontes de pólen e néctar durante toda a estação.

Isso não apenas atrairá as abelhas jataí, mas também trará beleza e vida ao seu jardim!

Está precisando comprar cesta de café da manhã para dar para sua esposa ou namorada compre agora mesmo a cesta de café da manhã goiania.

Flora Utilizada pelas Jataís

Plantas que atraem abelhas jataí

Alfafa-do-campo (Stylosanthes scabra) (abril)

Alfinete (Sirene armenia) (janeiro a março)

Arnica-brasileira (Solidago chilensis) (junho a setembro)

Aroeira-branca (Lithraea molleoides) (setembro)

Aroeira- vermelha (Schinus therebentifolius) (dezembro)

Arruda (Ruta graveolens) (agosto a setembro)

Assapeixe (Vernonia polyanthes) (julho a agosto)

Astrapéia (Dombeya burgessiae) (abril a julho)

Astrapéia-rosa (Dombeya wallichii) (julho a agosto)

Azaléia-lilás (Rhododendron indicum) (abril a julho)

Azaléia-rosa (Rhododendron indicum) (agosto a setembro)

Babosa-de-flor-rosa (Aloe arborescens) (janeiro)

Beijo (Impatiens balsamina) (abril a junho e outubro a dezembro)

Bico-de- papagaio (Euphorbia pulcherrima) (abril a julho)

Calabura (Muntingia calabura) (outubro a dezembro)

Cambará-roxo (Eupatorium squalidum) (fevereiro a março)

Catinga-de-mulata (Iboza riparia) (junho a julho)

Charão (Toxicodendron verniciferum) novembro)

Chocalho (Crotalaria pallida) (março a maio)

Cóleos – vários (Coleus spp) janeiro a março)

Confete (Lagerstroemia indica) (dezembro)

Coreópse (Coreopsis grandiflora) (agosto a janeiro)

Coroa-de-cristo (Euphorbia milii var. splendens) (janeiro a dezembro)

Coroa-de-cristo-grande (Euphorbia milii var. milli (janeiro)

Cravo-do-campo (Senecio brasiliensis) (agosto a outubro)

Cróton – vários (Croton spp) (setembro a fevereiro)

Dália – várias (Dahlia spp) (abril a maio)

Dietes (Dietes vegeta) (julho a novembro)

Espiguinha (Mimosa daleoides) ((janeiro a fevereiro)

Esponjinha vermelha (Calliandra twedii) (janeiro a dezembro)

Esporinha (Delphinium sp) (julho a novembro)

Eupatório-roxo (Eupathorium macrocephalum) (janeiro a maio)

Feijão-de-praia (Sophora tomentosa) (agosto a março)

Fumo (Nicotiana tabacum) (dezembro a abril)

Funcho (Foeniculum vulgare) (dezembro a março)

Grevílea (Grevilea banksii) (janeiro a dezembro)

Guaco-liso (Mikania cordifolia) (julho a agosto)

Guanxuma (Sida rhombifolia) (dezembro a março)

Guiso-de-cascavel (Crotalaria lanceolata) (janeiro a março)

Jasmim-estrela (Jasminum azoricum) (novembro a janeiro)

Lanceta (Eclipta alba) (janeiro a fevereiro)

Laranjeiras, limoeiros, tangerinas (Citrus spp) (setembro a outubro)

Madressilva (Lonicera japonica) ((setembro a outubro)

Malmequer (Aster laevis) ((outubro a novembro)

Mangueira (Mangifera indica) (julho a setembro)

Margaridão amarelo (Tithonia speciosa) (abril a maio)

Manjericão (Ocimum sellowii) (novembro a junho)

Maria-sem-vergonha (Impatiens sultanii) (janeiro a dezembro)

Murici (Byrsonima intermedia) (novembro a junho)

Muçambê (Cleome spinosa) (novembro a dezembro)

Onze-horas (Mesembryantemum spectabilis) (outubro a dezembro)

Orégano (Origanum vulgare) (dezembro a janeiro)

Orelha-de-onça (Tibouchina holoserice) (novembro a janeiro)

Palmeira-elegante (Archontophoenix cunninghamia) (fevereiro a junho)

Pessegueiro (Prunus persica) (julho a agosto)

Picão branco (Galinsoga parviflora) (julho a novembro)

Pitanga (Eugenia pitanga) (julho a agosto)

Primavera (Bougainvillea spectabilis) (setembro a novembro)

Quaresmeira (Tibouchina granulosa) (janeiro a abril)

Sabugueiro (Sambucus australis) (novembro a dezembro)

Veja também mais artigos em nosso site https://travazap.xyz/

Cadastre-se para receber as próximas novidades!